5 TRILHAS PARA SE AVENTURAR NA AMÉRICA DO SUL

PorTparts
Comentários0

Viajar está entre as melhores coisas para fazer na vida, certo? E que tal uma aventura totalmente off-road pela América do Sul? Assim como viajar de carro é um dos meios mais baratos, existe também ótimas trilhas pelos países vizinhos espetaculares para conhecer. Leia esta matéria e descubra as 5 trilhas para você se aventurar na América do Sul.

Ruta 40

Em primeiro lugar, vamos começar falando de mais de cinco mil quilômetros, a Ruta 40. Também conhecida como La cuarenta, é perfeita para quem ama passar horas na estrada. Criada em 1932 justamente para conectar a região sul ao norte, ela é a maior rodovia da Argentina. Comparada até com a Rota 66 nos EUA é uma ótima maneira de começar a fazer parte do universo off-road e ainda viajar até Bariloche. 

A Ruta 40 está a 4.895 mil metros acima do nível do mar, o que a beneficia ainda com uma paisagem simplesmente única! É um verdadeiro quadro a céu aberto de glaciais, lagos e montanhas. No trajeto você vai passar por 236 pontes – atravessando rios, bosques, desertos e vulcões. O percurso também inclui 11 províncias e 20 parques nacionais, sendo cinco deles Patrimônio da Humanidade e reconhecido pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). 

É uma aventura incrível não só pela longa estrada, mas também porque tem uma diversidade de lugares para fazer uma parada. Há piscinas naturais e lagos cheios de flamingos no extremo norte. Bem como as Ruínas de Quilmes. Na região central de Mendoza há vinícolas com 144 mil hectares de vinhedos. E na região sul, há lagos próximos às cordilheiras onde você pode aproveitar o pôr-do-sol. E mais, você ainda poderá apreciar cervejas artesanais de El Calafate que fica no trecho da Patagônia. 

Foto: Reprodução / O tripulante

Torres del Paine

Em seguida vamos falar sobre o Parque Nacional Torres del Paine. Ele, que é um dos pontos turísticos mais importantes da Patagônia chilena. Com área maior a 200 mil hectares, com vista para muitas montanhas, torres de granitos, geleiras, lagos, cascatas e vales. Não é pra menos que o parque está listado com uma das maravilhas do mundo! 

E mais, o Torres del Paine está localizado a 110 km de Puerto Natales, isso quer dizer que viajando de carro você poderá sair de El Calafate, na Argentina, são 253 km de distância. Ou poderá sair de Santiago, no Chile Santiago, que está a 2.700km de distância.

É importante ressaltar que é uma região extrema, portanto, independente de qual época do ano você decida viajar, esteja preparado para lidar com as diferentes condições climáticas como frio, chuva e neve. Dentro do parque há muitos circuitos para os apaixonados por trilhas também, assim como lugares incríveis para acampar. A recomendação para ir até a Patagônia é sempre no verão, pois no inverno, muitas estradas e trilhas são fechadas por causa da neve. 

Foto: Reprodução / Viagem e Turismo

Salar do Uyuni e a Reserva de Fauna Andina Eduardo Avaroa

Se você estiver no Atacama, no Chile, não esqueça de incluir no seu itinerário: conhecer um dos lugares mais visitados no extremo sul do Departamento de Potosí. A Reserva de Fauna Andina Eduardo Avaroa, é uma das trilhas mais desejadas dos apaixonados por uma road trip pela América do Sul. E ela não só é considerada uma das atrações mais visitadas na Bolívia, como também é onde está algumas das paisagens mais impressionantes do planeta!

A reserva preserva e exibe com esplendor flamingos de diferentes espécies, gansos andinos, falcões, patos, vicunhas, pumas, raposas andinas e alpacas. Assim como também, o condor andino e o keñua – espécies ameaçadas por extinção. 

A região é caracterizada por seus desertos congelados, extensos e por montanhas andinas. Tanto quanto pelas salinas brancas e lagos minerais. Sendo que algumas das principais atrações é o Árbol de Pietra, que tem cinco metros de altura e está localizado entre rochas vulcânicas a 18 km ao norte da Laguna Colorada. Aliás os diferentes lagos com multiplas tonalidades, com toda certeza são pontos deslumbrantes! Como a Laguna Colorada, com profundidade que não passa dos 80 cm, de tons avermelhados devido à alta concentração de borato de sódio. Laguna verde, formada por de mistura de sal, arsênico e cobre que produzem os tons verde-turquesa, cercada por montanhas e picos com neve. Aliás, não podemos esquecer do Volcán Ollague, que está a 5.870 metros e possui uma cratera de 1.250 metros de diâmetro, localizado na fronteira da Bolívia com o Chile. 

Foto: Reprodução / Viajento

Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama é outra trilha super desejada pelos viajantes. Localizado no Chile, surpreendentemente, tem uma área territorial que alcança fronteira argentina, boliviana e até peruana, totalizando 105 mil km². E sendo um deserto, a temperatura pode chegar até a 40ºC, e de acordo com isso, foi e ainda é inviável o desenvolvimento de outras cidades na região. 

Antes de mais nada, você precisa saber que são 1.600km de viagem. São aproximadamente 18 horas de Santiago até San Pedro de Atacama que está ao norte do país, e é uma das entradas. A cidade tem uma arquitetura simples e as ruas ainda são de terra, ainda assim, tem uma ótima infraestrutura para os moradores e visitantes. Desse modo, umas das coisas que você deve fazer quando estiver por lá é ir assistir show dos flamingos no Salar de Atacama. É o terceiro maior salar do mundo, cercado por montanhas onde vivem guanacos, alpacas, lhamas, e várias outras espécies de animais. E muito perto está a Laguna Tebinquinche, que é totalmente cercada por muito sal.

Além disso, caso decida se aventurar por uma trilha a pé, você tem o Valle de la Muerte e de La Luna, trajetos estreitos entre cavernas e precipícios, a chegar até a Pedra Coyote, e de lá a vista do mar de pedras. Tem também o Vale-irmão, um mirante altíssimo que permite ver até 50 tons de laranja e marrom do Atacama no pôr-do-sol. 

E claro, tem o famoso Cerro Toco, um dos vulcões mais acessíveis da região. São 5.640m de ascensão de terreno em areia e pedras soltas. Aqui você consegue subir uma parte do percurso de carro 4×4, aproximadamente até 4.600m. A partir daí você pode continuar a pé, lembrando que deve estar muito bem agasalhado, porque é muito frio! No entanto esteja certo, você vai maravilhar com a vista privilegiada e inesquecível!

Foto: Reprodução / Viajar Operadora

Carretera Austral

E não podemos deixar de falar de uma rotas mais cênicas do mundo, a Carretera Austral. São mais de 1.200 km de estrada entre belezas naturais que podem ser atravessadas de carro ou de bicicleta se você tiver fôlego. Essas rotas estão na Patagônia chilena, que liga a região dos lagos e a região de Aysén. Só para ilustrar, no percurso você vai contemplar rios e lagos, geleiras, fiordes. E caso queira ir mais longe, há diversas trilhas que você poderá fazer a pé. 

Conta a história que as estradas foram construídas para viabilizar o abastecimento dos povoados em 1976. Na época, as pessoas viajavam mais de barco ou avião, contudo, como o frio era muito rigoroso o abastecimentos dos povoados mais remotos era prejudicado. Com a construção das estradas esse processo se tornou mais viável.  

O que você não pode esquecer, é que antes de fazer essa aventura, você precisa estar bem preparado! Pois, por ser estrada de longa distâncias entre uma cidade e outra, você pode ter perrengues no caminho e não ter onde pedir ajuda. Esteja preparado para o frio intenso, como também para necessidades básicas pessoais como alimentos para comer durante o percurso e claro, estar sempre com o carro bem abastecido. Além disso, não esquecer de checar os itens básicos de segurança e manutenção para o carro, pois as estradas nem sempre estão em boas condições.

Foto: Reprodução / Patonline

Agora me conta, deu ou não deu uma vontade imensa de fazer as malas, entrar no carro e pegar a estrada pela América do Sul? Quer saber também sobre outras road trips para fazer no Brasil? Leia também a nossa matéria 10 destinos para se aventurar 4×4. E não se esqueça de preparar o seu carro para essas aventuras principalmente para não estragar as suas férias!

Acompanhe a gente também nas redes sociais e fique sempre por dentro dessas e outras dicas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redes Sociais

Newsletter